Prótese Fixa

Medicina Dentária

Sobre

Prótese Fixa

Coroas:
São em cerâmica e servem para cobrir todo o dente, ou seja, a coroa é feita em laboratório e envolve todo o dente. Este tipo de tratamento é mais resistente e oferece uma maior estabilidade dentária.

São usadas para recobrir dentes danificados, cuja raiz esteja saudável, proteger um dente enfraquecido por fraturas, recobrir e proteger um dente endodonciado (desvitalizado), dentes inclinados ou o formato dos mesmos.
São ainda usados sobre implantes, quando o dente se encontra ausente.

Pontes:
São estruturas fixas em cerâmica confeccionadas em laboratório que permitem com um “bloco” de vários dentes unidos entre si, substituírem dentes ausentes. Podem ser dento-suportada, ou implanto-suportadas.

As dento-suportadas, são como o próprio nome indica, suportadas (cimentadas), nos dentes vizinhos que funcionarão como pilares.

O espaço edêntulo (ausência de dentes) é preenchido com os chamados elementos suspensos que se unem aos pilares. As implanto-suportadas são exatamente iguais às anteriores mas os elementos de suporte são implantes e não dentes.

Prótese Híbrida:
Após a colocação de quatro ou seis implantes é aparafusada aos mesmos uma estrutura que pode ser feita em acrílico o em cerâmica. A essa estrutura chamamos de Prótese Híbrida e não pode ser removida pelo paciente, isso apenas pode ser feito pelo profissional de saúde.

Este tipo de prótese proporciona ao paciente máximo conforto, segurança, estabilidade mastigatória, adaptabilidade, para além de ser muito semelhante aos dentes naturais.

Consulta

Marque a sua consulta

conheça

Outras Especialidades

Saúde Oral em Idosos

Endodontia

Terapia da Fala

Fisioterapia e Osteopatia

Branqueamento

DTM – Disfunção Temporo-Mandibular