DTM – Disfunção Temporo-Mandibular

Medicina Dentária

Sobre

DTM – Disfunção Temporo-Mandibular

A patologia da ATM (Articulação temporo-mandibular) é crónica e consequentemente, necessita de um acompanhamento constante. Por isso, como a doença é crónica, as possibilidades de tratamento são limitadas, assentando em técnicas de relaxamento da musculatura mastigatória, de forma a oclusão dentária ser o mais correta possível.

Não há uma causa para esta patologia, mas, casos clínicos de pacientes com dentes tortos, traumatismo causado por acidente, artrite, bruxismo, mordida cruzada, tensão muscular e emocional, estão mais suscetíveis de desenvolver esta patologia. Dor no maxilar, desconforto no rosto, maxilar “inchado”, limitação na abertura e fecho da boca, estalidos ou dor ao abrir e fechar a boca, mandibula que se desloca, dificuldades mastigatórias, dores de ouvido, pescoço, coluna, são os principais sintomas de DTM.

Como esta patologia é crónica, ainda não existem medicamentos que curem a DTM, existe sim anti-inflamatórios e relaxantes musculares que pode tomar para reduzir a dor e os espasmos musculares. Existem também técnicas de relaxamento para controlar a tensão muscular e sessões de fisioterapia para ajudar no relaxamento da musculatura. Podem ser confecionadas em laboratório dispositivos que induzem o relaxamento da musculatura e uma maior estabilidade articular. Podem ser goteiras ou placas de miorelaxamento e também aparelhos ortopédicos funcionais que são confecionados de formas diferentes consoante a patologia apresentada. No limite, em casos mais graves, a cirurgia à ATM pode ser necessária.

Consulta

Marque a sua consulta

conheça

Outras Especialidades

Saúde Oral em Idosos

Endodontia

Terapia da Fala

Fisioterapia e Osteopatia

Branqueamento

DTM – Disfunção Temporo-Mandibular